Embora a maior parte dos médicos adotem a medicina alopática, os constantes resultados da homeopatia, especialidade médica reconhecida no Brasil desde 1980, vêm ganhando notoriedade. Por isso, neste post, a Renascer Homeopathia vai apresentar a diferença entre alopatia e homeopatia, bem como responder à uma dúvida bastante 

 

Qual a diferença entre medicamentos alopáticos e medicamentos homeopáticos?

 

- Medicamentos convencionais

A medicina alopática faz uso de medicamentos convencionais capazes de produzir no organismo do doente reação contrária aos sintomas que ele apresenta, a fim de diminuí-los ou neutralizá-los. Nesse sentido, pode-se dizer que a alopatia oferece uma cura parcial, pois as drogas são feitas apenas para eliminar a reação e não a causa da doença. 

Para exemplificar, imagine que você vai ao pronto socorro queixando-se de febre. O mais provável é que o médico receite um medicamento com a função de abaixar temperatura, afinal, a atuação ocorre a partir do sintoma. Isso nos faz entender porque a maioria dos medicamentos alopáticos recebem o prefixo “anti” ... antitérmicos, anti-inflamatórios, antibióticos, antigripais, antialérgicos e assim por diante. 

Confeccionados a partir de substâncias sintéticas, vegetais, mineiras ou animais e preparados em larga escala e em doses pré-determinadas, os medicamentos convencionais apresentam alguns riscos, como os efeitos colaterais e o alto grau de toxidade. Outro risco a ser considerado é quando há uso indiscriminado, pois, em excesso, podem fazer com que o organismo humano se torne intolerante aos seus princípios ativos, crie resistência aos seus efeitos e diminua a produção de anticorpos, fatores que culminam no enfraquecimento do nosso sistema imunológico.

 

- Medicamentos homeopáticos

Menos popularizada, a homeopatia, por sua vez, acredita não haver uma causa mecânica da doença, mas sim um desequilíbrio do organismo como um todo, responsável por gerar determinados sintomas, daí a necessidade de fortalecer os mecanismos de defesa naturais do organismo para que esteja apto a responder às possíveis ameaças adequadamente.

Nesse sentido, a homeopatia utiliza, em pequenas quantidades, substâncias que causam sintomas parecidos aos apresentados pelo paciente para que o corpo potencialize sua capacidade curativa e restauradora e seja capaz de combater qualquer agente infeccioso. Essas substâncias, por serem vegetais, animais ou minerais, são usadas no tratamento e prevenção de doenças agudas e crônicas de maneira mais suave quando comparada à medicina alopática.

Os medicamentos homeopáticos também se diferem por serem manipulados de maneira totalmente individual, com substâncias e dosagens personalizadas para cada paciente. Por isso, não faria sentido termos medicamentos homeopáticos produzidos em larga escala.

 

Posso usar homeopatia juntamente com medicamentos convencionais?

Por utilizar substâncias drasticamente diluídas e agitadas, a homeopatia não gera efeitos colaterais e esse diferencial faz muitos pacientes cogitarem a substituição do uso de medicamentos convencionais mais fortes. No entanto, é importante reforçar que os homeopatas não descartam o tratamento convencional. Pelo contrário, em determinados casos, recomenda-se o uso da homeopatia juntamente com medicamentos convencionais, tendo em vista que essa combinação pode ser uma excelente alternativa para o tratamento de inúmeras patologias. 

Para doenças com rápida evolução, distúrbios graves ou lesões irreversíveis nos órgãos – a exemplo da pneumonia, do câncer e da cirrose, respectivamente –, os medicamentos convencionais ainda são os mais indicados e a homeopatia entra com a missão de melhorar a qualidade de vida do paciente. Porém, em muitos outros, é possível observar uma melhora substancial com a homeopatia por sua característica de tratar o indivíduo, não apenas a doença, e da ausência de efeitos adversos. Mas atenção, a homeopatia é uma terapêutica como outra qualquer e deve ser prescrita com o devido cuidado e acompanhamento.

 

E então, gostou deste post? Caso ainda tenha alguma dúvida sobre a possibilidade de usar homeopatia juntamente com medicamentos convencionais, não deixe de entrar em contato com a Renascer Homeopatia. Somos referência medicamentos homeopáticos e florais em Nova Iguaçu há mais de 30 anos!