Embora não haja uma cura para a doença, um método alternativo e bastante eficaz para combater o Alzheimer e seus sintomas é a homeopatia. Os medicamentos homeopáticos são uma ótima maneira de ajudar a tratar partes específicas da doença, além de retardar seu progresso.

Mas vale destacar que a homeopática não substitui o tratamento convencional indicado pelo médico, servindo apenas como um complemento a ele. Por isso, os medicamentos homeopáticos devem ser prescritos pelo médico especialista em homeopata, que está apto a definir o melhor tratamento a ser conduzido, de acordo com a necessidade de cada um.

O Alzheimer

A doença de Alzheimer é uma enfermidade progressiva e os sintomas agravam-se à medida que o tempo passa. Perda de memória, confusão e desorientação, dificuldade em reconhecer familiares e amigos, dificuldades com a fala e a comunicação são alguns dos sintomas mais comuns de quem sofre da doença.

No Brasil, existem cerca de 15 milhões de pessoas com mais de 60 anos de idade. Seis por cento delas têm a doença de Alzheimer, segundo dados da Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz).

Medicamento homeopático

O medicamento homeopático é o resultado da combinação de substâncias extraídas da natureza. Para produzir o medicamento homeopático são utilizadas substâncias dos reinos mineral, vegetal ou animal.

Os medicamentos homeopáticos podem ser indicados para uma diversidade de enfermidades, como o câncer e o Alzheimer, mas é importante que haja relação entre a patogenesia e as reclamações e queixas relatadas pelo paciente. Além disso, a homeopatia considera a integralidade do indivíduo, ou seja, ela leva em conta os sintomas físicos e a forma como o paciente reage ao processo de adoecimento.

Quer saber mais sobre medicamentos homeopáticos?
Então entre em contato com a Resnascer Homeophatia. Nossos profissionais estão prontos para esclarecer todas as suas dúvidas.